Você já Sentiu Vontade de Recomeçar a Vida em Outro Lugar?

Encarar a realidade e embarcar para longe, para uma vida nova ou seguir a rotina diária e ver que tudo não passa de sonho.

Nunca é tarde para realizar um sonho, mesmo você se achando velho para cair no mundo.

Sempre pensei em ir estudar no exterior desde minha adolescência, mas o destino não permitiu, até o presente momento, mas nada mais me segurará, em 2013 fiz um mochilão por Portugal e Paris, com meus 3 filhos e meu marido e foi nesta viagem que decidi o que eu queria para minha vida.

Recomeçar do zero não é largar tudo e sim reiniciar com experiência para ir mais longe.

Você já Sentiu Vontade de Recomeçar a Vida em Outro Lugar?

Eu Sim, Aos 36! E porque não?

Se dê uma nova chance!

Pare de ficar se lamentando.

Não tente consertar tudo de uma única vez. Comece fazer o certo agora, e se tropeçar, comece novamente.

O que eu sempre ouço das pessoas que comento são:

-Porque mudar agora e para longe? Você não pode tentar essa mudança aqui?

Nãaaao!!!

Segundo pesquisas no brasil, mais de 50% dos brasileiros querem mudar de emprego e ir para outro país e o motivo desta mudança é o desejo por mais qualidade de vida. E este é meu maior motivo. Qualidade de vida para mim e para minha família. Foi o que eu senti em Portugal, segurança.

Se a sua decisão for de tomar novos rumos, tente fazer um planejamento e pesquisar bastante sobre o destino escolhido. É essencial para quem pretende dar uma guinada na carreira e na vida.

Quando decidi que tinha chegado a hora da mudança, foi quando, depois de trabalhar mais de 8 horas sem ver a luz do sol, empenhando-se em atividades no trabalho que não gostava e estressada com tudo, cheguei em casa e decidi mudar.

Mudar de vida, de rumo para ser feliz.

Comecei a fazer uma lista com as coisas que eu ainda desejava fazer antes de morrer, e fiz uma outra das atividades que fazia naquele momento, do meu dia-a-dia, e para a minha surpresa, eu não estava fazendo nada que eu gosto e muito menos para realizar os meus sonhos, e foi a hora que repensei a minha vida.

A guinada foi pensar no que eu poderia fazer em qualquer lugar do mundo que eu fosse.

Pronto, surgiu a ideia de montar um este blog, não para mostrar que tudo é lindo e maravilhoso, mas para ajudar as pessoas de alguma forma a acharem seu caminho da mesma forma que eu achei o meu.

Além de muita pesquisa, dedicando tempo e esforço, levando conhecimento relevantes as pessoas e nos quais possa fazer diferença no mundo.

Frio na barriga?? Que nada.

A prisão do trabalho fixo me ensinou que dinheiro e segurança me proporcionava realização material e não a felicidade.

Quer ver uma frase que as pessoas me falam?

“ Queria ter essa coragem.”

Se todas as pessoas tem vontade de largar o emprego que não gostam e chutar o balde, porque não fazem??

Claro que indico isso quando você já tem alguma outra coisa de que goste de fazer engatilhado para te sustentar.

Esse trecho de um texto do “Eduardo Amin”, esclarece a ilusão e o tipo de armadilha que se constrói:

“Nós reservamos o direito de trabalhar quietos, sem palpitar, sem ousar, sem tentar enfiar a bola na garganta porque temos a crença de que, se errarmos o chute, ficaremos desempregados. Falidos. Perdemos a chance de propor algo inovador, evitamos bater de frente com o chefe, contemos o questionamento. Muitas vezes, inclusive, deixamos de assumir a postura que a situação pede. Seria fantástico ir para o trabalho da mesma maneira que um jogador de futebol vai jogar bola com os amigos, no final de semana: Livre de tantas expectativas. Nosso capitalismo selvagem, porém, nos impõe um pré-requisito bastante crítico para seguir vivendo bem: dinheiro.”

Diz que está velho demais para mudar, arriscar, que o mundo não te deu oportunidade.

Tudo isso é besteira.

Você ainda não morreu.

Você pode arriscar e não conseguir, é fato, mas passar a vida culpando os outros pelos seus problemas e não ter um dia de liberdade, felicidade, ai não dá.

Vire a página e vá ser feliz.

Olhe para as pessoas ao seu redor, amigos e familiares, quantos deles estão realmente felizes com seu trabalho ou com a vida que levam?

Veja se elas estão realmente felizes ou acomodados.

Você está realmente feliz?

Gostaria de estar fazendo outra coisa que te trouxesse realização, liberdade e felicidade?

Não tenha medo, saia da Zona de Conforto, corra atrás dos seus sonhos.

Pare de querer seguir a ordem cronológica de se formar, escolher uma carreira que você acha que te trará dinheiro, conseguir um emprego com carteira assinada, ou aquele concurso público, trabalhar, trabalhar e trabalhar até se aposentar e ai poder finalmente curtir a vida. Deixar para curtir a vida quando você se aposentar é um péssimo negócio. Pense que você só trabalhando, trabalhando e trabalhando, você está acabando com sua saúde, com sua felicidade e não te sobrará tempo para curtir a vida.

Para de viver com um sorriso estampado no rosto que não é verdadeiro.

O estresse causado pelo dia-a-dia infeliz pode lhe trazer diversas doenças.

Volte ao início, feche os olhos e escreva tudo que você gostaria de fazer que te trouxesse felicidade e realizações e depois tente realizá-las.

Mude sua vida e de seus filhos, ou você quer que eles sejam criados por um alguém que não é você?

A vida é sua, você faz as regras.

A vida é um quadro em branco, cabe a você desenhar e escrever nele o seu futuro.

P.S.: Acredite em uma mudança. Reflita e planeje bastante para que os sonhos não se tornem pesadelos.

Abraços e Sucesso sempre.

Assinatura Viver com Liberdade

Oi, Sou a Luciana Rizzuti,  Empreendedora Digital e Viajante e Quero Te Ensinar a Trabalhar Online de Onde Estiver.

Luciana Rizzuti

Olá, sou a Luciana Rizzuti, webMarketer, viajante, leitora assídua, escritora deste blog, fotógrafa nas horas vagas... O Blog foi uma forma de unir tudo o que eu amo, falando sobre meu trabalho digital, viagens e liberdade de trabalhar onde eu quero e o meu foco neste momento é compartilhar muitas dicas com vocês.

Website: http://projetovivermelhor.com.br

9 Comentários

  1. Alexander Alves

    Verdade prima, estamos também a amadurecer esta ideia!! Passamos a vida a trabalhar e quando percebemos, temos tudo e também não temos nada! Falta segurança, falta termos vida!! Comecei a ver que podemos ter mais, tendo menos. Não vejo futuro por aqui para meu filho e nem para a nossa velhice, infelizmente isso é muito triste!

    • Luciana Faria

      Sim, Alexander, temos que olhar em volta e termos opções, não ficarmos presos na mesmice do nosso dia-a-dia, temos que crescer para darmos exemplo e uma vida mais digna para nosso filhos e ao mesmo tempo vivermos. Do que adiantará morrermos sem termos vivido realmente felizes?

  2. Camila

    Só pra sair do país, já precisa de bastante dinheiro…….e ir sozinha e sem conhecer ninguém é bem complicado!!!

    • Olá Camila, concordo com em partes com você, precisa de dinheiro sim, mas não de bastante dinheiro, você precisa avaliar para qual país irá, fazer um levantamento de onde irá morar e fazer um planejamento de custos deste lugar, as vezes o valor pode te surpreender morando fora do que no Brasil, abraços.

  3. Gabriela Vitória

    Olha pretendo ir para Londres,porque faço curso de inglês e meu intercambio e pra lá,e queria começar uma nova vida lá ,me estabilizar e fazer faculdade por lá também,antes eu queria uma profissão que me desse dinheiro,mas eu ia morrer trabalhando e vi que aquilo não era pra mim,ai escolhi ser fotografa e jornalista,profissoes que realmente me dariam prazer eu acho,eu ainda tenho 15 anos,mas ja decidi mais ou menos o rumo da minha vida…

    • Olá Gabriela, seja muito bem vinda ao meu blog, escolha o que te faça feliz, trabalhe naquilo que te faça feliz, nada pior que trabalhar em algo que nos deixe tristes e stressados, já passei por isso e é horrível, hoje larguei tudo e sou feliz com que eu trabalho, com blogs e marqueting digital, abraços e continue seguindo o blog.

  4. Gabriel

    Boa tarde, tenho 18 anos, e já tenho essa mentalidade à algum “tempo”, porém me chamam de “louco” por além de eu querer me jogar para longe, eu ainda quero ter uma vida simples perto de uma praia para fazer oque amo: SURF!
    Porém sempre tem de haver uma 2a opção engatilhada e é por isso que pretendo finalizar minha faculdade de educação física e juntar uma moeda para poder sair.
    Achei inspirador seu artigo, fico indignado em ver como as pessoas se contentam/acostumam com essa vida rotineira (de maneira ruim), se matar e nunca ter nada nem tempo para desfrutar a unica vida que temos. Mas é sempre bom saber que não temos o mesmo pensamento!
    Muita luz e boa sorte!!!

    • Olá Gabriel, isso mesmo, chegou um tempo em minha vida que parei pra pensar e via que não tinha feito nada de especial ainda, então larguei tudo e agora sim posso dizer que estou vivendo, arrisque-se, mas tenha sempre em mente ao para fazer para se sustentar, abraços.

  5. Ibsen Caio

    Oi, muito obrigado por este texto. Estava tomando coragem para mudar de cidade ou talvez até de país, e acho que acabei de tomar minha decisão. Novamente, obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *